Movimentações

2020 | 2019

2020

Novembro
2ª EDIÇÃO DO TELAS

GALERIA

JULHO – SETEMBRO
EDIÇÃO EMERGENCIAL – TELAS DA ESPERANÇA

O projeto Telas da Esperança surgiu como uma forma de levar informação de forma criativa para as crianças, onde foram distribuídos kits educacionais com cartilha, lápis de cor, lápis, borracha e apontador. Na cartilha, as crianças criaram super heróis que irão combater o coronavírus nas suas comunidades. Diversas crianças dos bairros do Guamá, Terra Firme, Jurunas e do Furo da Paciência participaram dessa ação. O Telas da Esperança contou com o ajuda do Projeto Pretinta, que desenvolveu a cartilha. Além disso, também tivemos a ajuda de diversos coletivos que já desenvolvem trabalhos nessas comunidades, como o coletivo Cria Preta, o Espaço Cultural Panambi e o Projeto Timbirinhas

O objetivo é que, por meio destas crianças, o combate e prevenção fossem estimulados dentro de casa, conscientizando e alimentando a esperança dentro dos lares. O segundo passo é transformar esses desenhos e histórias em animações, por meio da edição emergencial do Telas em Movimento, que será a mostra competitiva Telas da Esperança. As ações de recolhimento, divulgação e transformação dos desenhos em produções artísticas profissionais também conta com o apoio do projeto Desabafo Social e o Instituto Galo do Amanhã, por meio do edital de apoio a comunicadores periféricos.

JUNHO
LAB EMERGENCIAL –  2° edição

Por meio da 2° edição do Laboratório de Emergência – Covid-19, promovido pela Silo – Arte e Latitude Rural em parceria com o Instituto Procomum, o Telas em Movimento conseguiu realizar a construção do seu site, uma plataforma criada de forma coletiva por uma equipe diversa e qualificada de pessoas de todo o Brasil. O objetivo é ter um local que concentre todo o trabalho desenvolvido pelo Telas em Movimento, bem como sendo fundamental para a realização da edição emergencial do Telas em Movimento, utilizando uma plataforma exclusiva dentro do site para a realização da ação de forma totalmente virtual.

ABRIL ~ JUNHO
TELAS CONTRA A COVID-19
DISTRIBUIÇÃO DE CENTENAS DE CESTAS BÁSICAS, KITS DE HIGIENE, MÁSCARAS, ÁLCOOL EM GEL E KITS DE PEDAGÓGICOS.

O Telas contra a Covid-19 surgiu com o intuito de combater a fome e o contágio do novo coronavírus nas periferias e comunidades ribeirinhas de Belém. Sabemos que essas são as áreas que normalmente mais sofrem pela negligência do poder público e em uma situação como a que estamos vivendo o problema se torna ainda maior. Realizamos uma campanha de doação para que pudéssemos montar cestas básicas, kits de higiene, máscaras e kits pedagógicos nos bairros do Jurunas, Terra Firme, Guamá e no Furo da Paciência. Graças as doações, conseguimos chegar a mais 500 famílias beneficiadas. Além disso, foram realizadas aplicações de stencil com mensagens de “Fica no Teu Setor” e “Use Máscara” como forma de chamar a atenção da comunidade para a prevenção. Também utilizamos cartazes e disponibilizamos as artes para quem quisesse aderir à campanha pudesse imprimir o material e divulgar no seu setor.

GRUPO DE SAÚDE DAS PERIFERIAS

Pensando em trazer informação e cuidados para as periferias, o Telas Contra a Covid-19 realizou uma chamada pública de profissionais e estudantes de saúde, que puderam se cadastrar e atuar com material informativo sobre os cuidados que podemos ter para combater a covid-19, além de realizar alguns atendimentos presenciais em comunidades negligenciadas.

Março
#COVID19PERIFERIASBELÉM
22.03.2020 – MOSTRA FICA NO TEU SETOR 

A Mostra Fica no Teu Setor veio com o propósito de conscientizar a periferia sobre a importância de ficar em casa para combater o novo coronavírus, trazendo para as comunidades a possibilidade de nesse momento conhecer um pouco mais sobre as produções feitas pelos artistas de cada bairro, onde disponibilizamos em nossas redes sociais os filmes produzidos pelas crianças e adolescentes durante as oficinas nas escolas realizadas na primeira edição do Telas em Movimento, em novembro de 2019.

30.03.2020 – SÉRIE PRODUZ NO TEU SETOR

A Série Produz no teu Setor surgiu com o intuito de ensinar como produzir audiovisual em casa, desde como organizar a ideia até colocar a mão na massa e produzir um vídeo. A série foi realizada nas nossas redes sociais e contou com a parceria da Mazô Filmes, que compartilhou o seu conhecimento de produção audiovisual por meio dos conteúdos criados.

2019

Novembro
1ª EDIÇÃO DO TELAS
20.11. 2019 MOSTRA NEGRA TORÓ NO TELAS -ABERTURA DO FESTVAL

A abertura do Festival Telas em Movimento aconteceu no dia da Consciência Negra, 20 de novembro de 2019, na Praça Olavo Bilac, no bairro da Terra Firme, em Belém-PA. A abertura contou com a exibição da Mostra Negra Toró e foi uma parceria com o curso de cinema da Universidade Federal do Pará (UFPA) e líderes comunitários do bairro.

O momento foi aberto ao público e gratuito, e contou com a exibição de curtas produzidos localmente, trazendo a realidade das periferias. Além disso, houve distribuição de pipoca para o público e foi apresentada a programação completa do Festival.

23 A 30.11.2019 – VIVÊNCIAS, OFICINAS, SEMINÁRIOS, EXIBIÇÕES DE CINECLUBES INDEPENDENTES, EXIBIÇÕES DE RUA, MOSTRAS E PREMIAÇÃO NO CINE OLYMPIA.

VIVÊNCI

O Telas em Movimento levou o audiovisual para as escolas públicas da região metropolitana de Belém, por meio de vivências e oficinas que foram realizadas na

Escola Estadual José Valente Ribeiro (Cabanagem), Escola Brigadeiro Fontenelle (Terra Firme), Escola Estadual Santana Marques (Mangueirão) e Escola Estadual Vereador Gonçalo Duarte (Jurunas). Ao todo, cerca de 75 crianças e adolescentes participaram das vivências, que trouxeram a oportunidade deles aprenderem todos os detalhes de uma produção audiovisual, como construção de roteiro, narrativas audiovisuais, direção de fotografia com estabilizadores recicláveis, produção de vídeo e muito mais. Após a capacitação, os alunos colocaram a mão na massa e produziram documentários que retratassem a realidade vivida em suas comunidades, trazendo temas importantes como o racismo, religião, educação, violência, machismo e política.

 OFICINAS

Um dos objetivos do Telas em Movimento é o âmbito educacional, que não ficou limitado às vivências nas escolas públicas, sendo realizadas oficinas gratuitas e abertas ao público na Faculdade Pitágoras, parceiro e abraçou a ideia e contribuiu para que fosse possível realizar oficinas sobre “Narrativa com Smartphone” com Felipe Cortez, “Roteiro Cinematográfico” com Rodrigo Rodrigues e “As Formas do Cinema Documentário”, com Michel Ribeiro.

 SEMINÁRIOS

Com intuito de trazer debates importantes para o desenvolvimento do audiovisual na Amazônia, o Telas em Movimento apresentou alguns seminários abertos ao público. Tivemos o seminário Cineclubismo em ação – filmes para engajar, empoderar e ampliar o olhar, que trouxe uma tarde de troca de conhecimento sobre a produção audiovisual e suas particularidades. Além disso, tivemos a mesa sobre Produção Audiovisual no Pará. Ambas as programações tiveram a participação de importantes nomes do audiovisual paraense, como Marco Moreira, da ACCPA, Wilson Paz, coordenador do grupo de trabalho Interiorização  do CRIA e Delen de Castro, do Cine Diáspora.

 EXIBIÇÕES DE CINECLUBES INDEPENDENTES / EXIBIÇÕES DE RUA

Os cineclubes desenvolvem o trabalho fundamental de fomentar de forma acessível o cinema e diversos cineclubes das periferias da região metropolitana de Belém abraçaram a ideia do Telas em Movimento e incluíram sua programação dentro das ações do Festival. Na primeira edição tivemos a participação da Biblioteca Comunitária Tralhoto Leitor, do bairro do Telégrafo, do Cineclube Tela Firme, do bairro da Terra Firme, do Cine Bamburusema, também da Terra Firme, do Cineclube Astronauta, do bairro Sideral, e do Cine Sapato Preto, do bairro do Guamá. Centenas de pessoas de todas as idades puderam apreciar o audiovisual por meio das programações realizadas pelos cineclubes.

 MOSTRAS E PREMIAÇÃO NO CINE OLYMPIA

Dia 30 de novembro de 2019 foi realizada a Mostra do Festival Telas em Movimento, onde as produções audiovisuais desenvolvidas pelos jovens das escolas públicas que participaram das vivências foram exibidas no Cine Olympia, o cinema mais antigo em funcionamento. A exibição foi gratuita e aberta ao público e as produções foram premiadas pelo Festival, trazendo aos alunos o reconhecimento pelo desempenho e entrega ao Telas em Movimento.

01.12.2019 –  CINECLUBE DAS ILHAS

O Telas em Movimento, em parceria com a Associação de Moradores das Ilhas e lideranças locais, viabilizou o primeiro Cineclube das Ilhas, localizado no furo da paciência. O objetivo foi proporcionar aos moradores a possibilidade de ter acesso ao cinema na sua própria comunidade, eliminando as barreiras de custo de ausência de representatividade nos locais existentes na região metropolitana de Belém. Dia 01 de dezembro aconteceu a primeira exibição do Cineclube das Ilhas, onde em torno de 80 moradores das ilhas do Combú, Murutucum e Ilha Grande participaram do debate sobre a importância da construção conjunta dessa ação e assistiram a animação Allegro e aos filmes Matinta e Ribeirinhos do Asfalto, totalmente produzidos por profissionais e artistas do Pará, e as exibições foram regadas a muita pipoca e refrigerante. O Telas em Movimento viabilizou a entrega de uma lona para exibição dos filmes, um projetor e 2 panelas de pipoca, para que localmente eles possam executar as exibições do Cineclube das Ilhas, que pode ser levado para as demais ilhas e utilizado conforme o desejo dos próprios moradores, que são os responsáveis por organizar e definir as programações.

2020 | 2019